Confraternizações de times remotos | Gamefic

Confraternizações de times remotos: como fazer?

Confraternizar está na alma do brasileiro.

O churrasco do fim de semana, a cerveja da quarta e o happy da sexta. Quem não tem saudades desses momentos?

E o atual cenário de isolamento social, home office e pessoas em suas casas a maior parte do tempo, trouxe um novo desafio para as organizações: como realizar as confraternizações de times remotos?

Por sorte, o povo brasileiro também é muito criativo, e por isso, as confras não deixaram de acontecer.

Neste texto vamos falar mais sobre isso.

Confraternize, sim!

O mundo está de cabeça pra baixo e tentando se reerguer. Até que a vacina seja aplicada em boa parte da população e se crie a famosa “Imunização de rebanho”, a realidade provavelmente deverá seguir a mesma: trabalho remoto, máscaras e álcool gel.

O isolamento social é um dos principais motivos para que as empresas se esforcem para realizar confraternizações de times remotos.

É conhecida a necessidade das pessoas pela manutenção de relacionamentos. O aumento de casos de ansiedade, síndrome do pânico, por exemplo, cresceram significativamente com o lockdown.

Promover o contato, mesmo que virtual, é prova de que a empresa se preocupa com a saúde mental dos seus colaboradores e investe em ações para promover o bem-estar de cada um.

Se os desafios e as dificuldades são grandes, nada mais justo que, sempre que possível, realizar confraternizações.

E claro, tudo deve ser feito dentro da realidade da empresa.

Afinal, como fazer confraternizações de times remotos?  

Agora que contextualizamos as confraternizações em tempos de isolamento social, vamos para a prática.

Não deixe de comentar no fim do texto alguma experiência que você teve ou até mesmo outras ideias de atividades para fazer remotamente.

Confraternizações temáticas

Proporcionar um tema para a festa é muito legal. As pessoas deixam a criatividade rolar para ambientar a casa e a fantasia.

Os temas podem ser variados, de acordo com algo relacionado a empresa, ou não.

Para deixar todo mundo ainda mais empenhado e engajado na proposta, uma ideia é promover concursos e premiações para as melhores fantasias.

Isso é uma forma de reconhecimento pelo esforço do colaborador em tornar a confraternização ainda mais divertida.

Kit de happy hour

O happy hour já é tradição no brasil. A sexta-feira é marcada pelo barzinho logo após o expediente.

Já que o isolamento não permite a aglomeração, a criação de um kit com bebidas e petiscos é a saída que muitas empresas estão apostando para fomentar este momento.

Uma quebra no expediente para uma conversa diferente, uma roda de papo de amigos é um plus para garantir o sorriso no rosto do colaborador.

Gincanas

Outra forma de atividade para confraternizações de times remotos é a criação de gincanas.

Separar as pessoas em equipes e criar jogos de perguntas e respostas, exercícios, ou qualquer outra forma de interação é um caminho que leva a diversão e mais momentos de descontração e relacionamento entre as pessoas.

Rodas de debates

Outra forma de confraternizar é trazer rodas de discussões sobre temas fora do contexto da empresa, que gerem reflexão e novos pontos de vista para as pessoas.

Aqui, a valorização da troca de experiências e voz para o colaborador tem impactos extremamente positivos no dia a dia empresarial.

Atrações externas

Se estiver dentro da realidade da empresa, uma forma de agregar ainda mais os momentos de confraternização de times remotos é com atrações externas.

Seja uma atração musical ou stand up, por exemplo, junto com o kit que citamos acima, a confra tende a se tornar inesquecível para os colaboradores.

Show de calouros

E porque não, até mesmo atrações internas da empresa?

Se os colaboradores possuem algum tipo de hobby, isso deve ser valorizado nas confraternizações.

Organização de bandas (cada um tocando de sua casa), show de humor, leitura de poemas, truques de mágica, tudo vale.

Afinal, o entretenimento tem que ser a fonte principal de confraternizações de times remotos.

Como vimos, apesar das dificuldades, é possível (e dentro do possível) realizar ações para amenizar o isolamento social e o estresse do trabalho.

Com o esforço coletivo para a organização das confraternizações, cria-se momentos importantes para a saúde mental do colaborador e também uma forma de valorizar o lado humano de quem faz parte da empresa.

Por fim, os resultados são sentidos com o aumento da produtividade, engajamento e motivação dos times.

O que você acha sobre as confraternizações remotas? Conta pra gente nos comentários. 

Compartilhe o Post

Share on linkedin
LinkedIn
Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on twitter
Twitter
Previous
Next