Empresas humanizadas | Gamefic

Empresas Humanizadas: a Tendência do Sucesso

Empresas Humanizadas, uma tendência que vem ganhando cada vez mais força. Empresas em geral sempre têm suas imagens relacionadas a venda de produtos, serviços, tecnologias. Por consequência, ao lucro.

É normal também fazer associações de lucro com o formato de trabalho que cada empresa escolhe.

Contudo, esse pensamento, mesmo sendo muitas vezes a realidade das atuais organizações, se contrapõe ao movimento de algumas que são consideradas empresas humanizadas.

Agora, o que é uma empresa humanizada. E será que é possível lucrar com ela?

É sobre esse importante tema que vamos falar agora.

O que caracteriza uma empresa humanizada?

As empresas humanizadas podem ser consideradas aquelas que investem esforços para ter uma boa imagem perante a sociedade, clientes, colaboradores, acionistas, fornecedores, e toda a cadeia que a envolve.

Elas trabalham para que não haja vantagem ou desvantagem entre as esferas que as permeiam. Ou seja, todo mundo sai ganhando com as suas ações.

Em resumo, empresas humanizadas trabalham no sentido de promover negócios mais humanizados, sustentáveis e inovadores. O impacto dessas ações é sempre voltado para responsabilidade social e prosperidade. Desta forma, as ações são direcionadas para atingir metas transformadoras e nem sempre voltadas exclusivamente ao lucro.

Sendo assim, há o reconhecimento e valorização da marca, acarretando na criação de relacionamentos profundos com seus consumidores.

As principais características de empresas humanizadas

Isso não é regra, claro.

Mas entre as principais empresas humanizadas do mundo, é possível notar algumas características comuns. Entre elas: 

  • Possuem propósitos além dos financeiros somente
  • A diferença salarial entre os cargos da empresa é menor
  • Além de remunerar melhor e oferecer mais benefícios que a concorrência
  • Colaboram com o crescimento da sua cadeia de fornecedores e parceiros
  • Investem constantemente em treinamentos corporativos
  • Apresentam baixo índice de turnover por ter um ambiente inspirador
  • Investem pesado em uma cultura organizacional humana
  • São extremamente inovadoras
  • Os índices de satisfação de clientes e colaboradores são sempre altos
  • Praticam ações voltadas para o bem da sociedade

E aí: empresas assim também são capazes de lucrar?

Não só são capazes de lucrar, como por vezes acabam apresentando faturamentos maiores que muitas organizações voltadas simplesmente para o lucro.

Se voltarmos um pouco no texto, vamos lembrar que falamos que a forma como empresas humanizadas atuam acabam criando relacionamentos profundos com seus clientes, aí já teremos uma das razões pelas quais é possível lucrar.

A fidelização de clientes é um dos fatores de sucesso. Quando eles se tornam fãs de uma marca, acabam virando também embaixadores da organização. Desta forma, há um ganho de publicidade espontânea. Neste sentido, um ganho também em clientes potenciais (leia mais lucro).

Elas também estão preocupadas não só com a sociedade, mas principalmente com seus colaboradores. Assim, oferecem condições dignas e motivadoras para o trabalho.

A consequência disso? Funcionários mais engajados e produtivos, criando novas soluções para a empresa e contribuindo para o crescimento mútuo. Outra consequência? Lucro.

Os efeitos das ações de empresas humanizadas atraem muito mais os olhares e dinheiro de pessoas com o mesmo pensamento e cultura. Logo, é possível sim, lucrar e colocar o colaborador e toda a sua cadeia produtiva no mesmo patamar, sem oferecer vantagens para quem quer que seja.

Exemplos de empresas humanizadas no Brasil

Algumas empresas podem ser citadas por suas preocupações ambientais e sociais diretamente envolvida com os negócios. As atitudes são praticadas, primeiramente, internamente entre seus colaboradores. É a partir do coração das organizações que os exemplos poderão ser vistos e compartilhados.

Podemos citar:

  • Grupo Boticário
  • Reserva
  • Unilever
  • Natura
  • Cacau Show
  • Unidas
  • Sociedade Beneficente Israelita Albert Einstein

O sucesso dessas empresas também está atrelado aos novos hábitos de consumo. Afinal, a sociedade começou a se preocupar ainda mais com questões humanitárias, socioculturais e ambientais.

A gamificação nos processos de empresas humanizadas

A gamificação tem papel fundamental na criação e manutenção de uma cultura organizacional humanizada. Mais que isso, ela é uma poderosa ferramenta para inserir a cultura no dia a dia dos colaboradores através de jogos.

A ferramenta possui diversos atrativos para empresas que buscam uma gestão mais próxima e motivadora para os seus colaboradores.

Os jogos corporativos atraem mais a atenção dos colaboradores, oferecem capacitação profissional, promovem um ambiente de trabalho mais saudável e amistoso e de quebra, aumenta a criatividade e produtividade do pessoal.

Você conhece alguma empresa humanizada na sua área de atuação? Conte pra gente a sua experiência nos comentários.
Conheça a Gamefic – Plataforma de Gamificação.

Compartilhe o Post

Share on linkedin
LinkedIn
Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on twitter
Twitter
Previous
Next