RH | Gamefic

Boas Práticas Para RH – Descubra Agora

Boas práticas para RH

As Boas práticas para RH podem trazer resultados incríveis na sua empresa. O RH, assim como muitos outros setores corporativos estão passando por uma revolução, um departamento com vários desafios. No departamento de recursos humanos, foi chamado de RH 4.0.

A verdade é que os gestores de RH estão tendo que superar desafios cada vez maiores. As novas gerações de trabalhadores apresentam perfis complexos e diversos.

Contudo, existem boas práticas que estão sendo cada vez mais valorizadas tanto por líderes, quanto por liderados.

Desta forma, o RH tem trabalhado para oferecer medidas que contribuam com a qualidade de vida e do trabalho sem que isso prejudique a produtividade das pessoas.

Hoje, vamos apresentar algumas destas práticas que, se o seu departamento de RH ainda não colocou em prática, chegou a hora.

O impacto das boas práticas para RH

As ações dos recursos humanos sempre causam algum tipo de impacto na organização. E como a gestão de pessoas tem evoluído constantemente, os profissionais devem acompanhar esse desenvolvimento e as práticas que o acompanham.

Uma tarefa, o modo com que as mensagens são comunicadas ou o relacionamento entre RH e colaboradores pode ser tanto a chave para o sucesso da manutenção de funcionários como o desastre da alta rotatividade de pessoas.

Sendo assim, é preciso que o departamento seja estruturado e tenha um planejamento muito bem feito, aplicando as melhores práticas para o desenvolvimento do negócio.

Boas práticas para RH – Comece Agora!

Antes de mais nada, essas são sugestões de práticas que dão retorno para a organização. São voltadas para o bem-estar dos colaboradores, o relacionamento entre líderes e liderados e a extração do máximo desempenho de cada pessoa sem que isso cause danos emocionais ou à saúde de qualquer pessoa dentro da empresa.

Por isso, leia com atenção e comece a colocar em prática tudo aquilo que a sua empresa ainda não faz.

Invista na saúde do colaborador

A saúde é o bem mais precioso de uma pessoa. Por isso, é preciso que o RH ofereça meios e incentive as pessoas a se cuidarem. Seja através de um plano de saúde e/ou odontológico, incentivos financeiros para parcerias com academias (Gympass), ginástica laboral, corridas e caminhadas promovidas pela empresa. Há soluções para todos os portes de investimento.

Recompensas não financeiras

Nem sempre o dinheiro fala mais alto. Oferecer recompensas não financeiras pode dar muito mais retorno de satisfação do que algum dinheiro a mais na conta no fim do mês. Por isso, um programa de recompensas voltado para o lazer e diversão do colaborador, pode ser a saída que o RH precisava para manter os índices de motivação das equipes de trabalho.

Invista em capacitação

Quando as empresas descobrem que é muito mais caro demitir e contratar do que investir na capacitação profissional, o caminho fica muito mais fácil para o crescimento da empresa.

Ou seja, ter um programa de treinamentos e desenvolvimento é fundamental para a diminuição do turnover e do aumento de retenção de talentos dentro da organização.

Gestão participativa nas boas práticas para RH

Permitir que os colaboradores ofereçam uma visão de melhorias dentro do seu setor de trabalho também é uma prática que leva ao desenvolvimento da organização na criação de uma relação de confiança entre líderes, liderados e RH.

Desta forma, é possível ter visões diferentes sobre problemas que nem sempre o gestor apenas poderia enxergar. Uma gestão horizontal traz mais benefícios a longo prazo.

Dose o ritmo de trabalho

A palavra para uma boa gestão de tarefas e tempo é organização. Sendo assim, é preciso que o RH invista em ferramentas de organização para uma melhor gestão das atividades, evitando a sobrecarga de trabalho e a insatisfação dos líderes pela falta de resultado, e dos liderados pelas demandas desorganizadas e acumuladas.

Tecnologia e inovação

É preciso investir em recursos que otimizem o dia a dia de trabalho, automatize processos burocráticos e ofereça mais tempo para que os colaboradores possam se desenvolver e oferecer soluções mais criativas e inovadoras para a empresa.

Aqui, a comunicação é muito necessária. Afinal, investir em tecnologia não é comprar tudo o que há de mais moderno no mercado, e sim conversar e entender com os colaboradores quais as ferramentas mais adequadas para a execução e melhora no processo.

Monitoramento de desempenho

Um dos erros mais comuns do RH e que deve ser corrigido imediatamente é a falta de monitoramento de desempenho. É preciso ter dados a todo momento para entender qual o nível de entrega, engajamento e performance de cada colaborador.

Só assim, através de métricas e indicadores, que é possível tomar atitudes preventivas, como o feedback, para evitar situações de desligamento por baixa produtividade, sem ao menos tentar entender o motivo daquilo.

Gamificação: aliada do RH

Uma boa prática bônus que podemos falar, é o uso da gamificação. Os jogos empresariais tem potencial enorme para otimizar a gestão de pessoas e é uma mão na roda pro RH.

A ferramenta permite diálogo, participação, treinamentos, monitoramento de desempenho, além de tornar o ambiente de trabalho mais saudável e cooperativo.

Plataformas como as da Gamefic, por exemplo, oferecem testes gratuitos para a implementação da gamificação nas empresas.

Por fim, o RH deve sempre praticar ações que promovam a melhoria no desempenho dos colaboradores, com um ambiente de trabalho que seja saudável e respeitoso com os limites de cada um.

Aplicando parte ou todas as práticas mencionadas neste texto, com certeza será possível sentir as melhorias de performance e satisfação dos funcionários.

Conhece alguma outra prática que deve ser trabalhada pelos RHs? Conta pra gente nos comentários. 

Compartilhe o Post

Share on linkedin
LinkedIn
Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on twitter
Twitter
Previous
Next