gamificação o que é

Gamificação O que é, como funciona e como implementar?

O que é gamificação? A gamificação é um método de gestão que utiliza a mecânica, dinâmica e lógica presente nos games e as aplica ao dia a dia das empresas. Basta imaginar que a rotina de todos os colaboradores que precisam trabalhar com metas se torna, da noite para o dia, um intrigante jogo.

Seus objetivos de vendas são convertidos em desafios animados que devem ser vencidos, cada um com a devida recompensa em forma de pontos que podem se transformar em dinheiro e prêmios. Tudo depende do modo como se deseja recompensá-los.

É possível também estimular a competitividade da equipe, fazendo com que seja representada no jogo a melhora de desempenho de cada um dos participantes.

Essa estratégia de gamificação tem se mostrado extremamente eficiente para o aumento de produtividade e custa muito menos do que um serviço de consultoria empresarial, por exemplo.

Gamificação e o aumento de produtividade

Gamificação - Aumento de produtividadeÉ interessante notar como nossa energia acaba bem rápido no dia a dia de trabalho, mas tendemos a prolongar bastante qualquer coisa que nos divirta. Veja como exemplo os jogos eletrônicos: algumas pessoas viram noites sem nem perceber! Imagine se pudéssemos obter o mesmo efeito para aumentar a produtividade da equipe de trabalho?

Bem, é exatamente isso que a gamificação se propõe a fazer. Utilizando as mesmas técnicas que os jogos usam para manter as pessoas engajadas, você pode melhorar o desempenho do seu time e aumentar a satisfação geral com o trabalho — basta entender como elas funcionam.

Para ajudá-lo com esse processo, listamos 3 dicas simples de como usar a gamificação para aumentar a produtividade da equipe.

  1. Criar objetivos diários para percepção de progressão
  2. Estimular a colaboração entre os membros da equipe
  3. Dar feedback frequentemente

1. Criar objetivos diários para percepção de progressão

Praticamente qualquer jogo trabalha com um ciclo contínuo (ou loop). O jogador é instruído a usar suas ferramentas, recebe um objetivo, é convidado a agir para alcançá-lo, tem sucesso, recebe uma recompensa e seus objetivos são atualizados. A questão aqui é que esses objetivos devem ser no mínimo interessantes para o jogador. Se um jogo não for recompensador, ninguém vai jogar.

Transpondo esse quadro para o mundo do trabalho, seus colaboradores seguem um ciclo semelhante. Eles possuem metas e prazos diários, são levados a se reinventar para alcançá-los e superá-los, são recompensados pelo seu esforço e recebem novos objetivos. Esse ciclo é uma das coisas que gera a sensação de progresso, mostrando que cada esforço gera resultados visíveis. Profissionais alienados em relação às próprias tarefas quase sempre perdem o interesse e diminuem a produtividade.

2. Estimular a colaboração entre os membros da equipe

Uma característica de vários jogos recentes é a cooperação. Cada jogador possui um papel a cumprir para que o grupo alcance seu objetivo. Aplicar essa mesma ideia pode rapidamente aumentar a produtividade da equipe — especialmente se a importância de cada um for destacada ao longo de todo o processo.

O primeiro passo aqui é desenvolver processos em que cada indivíduo seja claramente relevante. Em seguida, crie treinamentos para que todos entendam o próprio papel e como podem melhorar sua atuação. Por fim, garanta que todos reconheçam o trabalho uns dos outros. Afinal, se seus colegas não puderem reconhecer uns aos outros como membros valiosos da equipe, podem cair na armadilha da apatia.

3. Dar feedback frequentemente

Outro aspecto dos jogos que é altamente engajador é a resposta rápida. Você raramente precisa esperar mais do que meio segundo para saber se um dos seus comandos gerou a resposta que você queria. Essa responsividade torna a experiência mais fluida e prazerosa.

É claro que no mundo real alguns planos só geram resultados no longo prazo, mas há outras formas de acelerar esse feedback. Por exemplo: focar em objetivos menores, revisar o progresso e regularmente celebrar as pequenas vitórias. Quando se busca um grande objetivo, manter a motivação é fundamental.

Gamificação como cultura de resultados

Gamificação - Cultura de ResultadosUma ferramenta que gera cultura de resultados é a gamificação. Já amplamente utilizada pelas grandes companhias, como Samsung, IBM, Microsoft, Nestlé, PayPal e American Airlines, a gamificação promove a motivação constante dos funcionários nas empresas, ideal para uma busca saudável pelas metas fixadas.

Além disso, permite a análise do desempenho individual e de equipe de acordo com os resultados esperados de cada um. A proposta é a integração de games ao ambiente organizacional.

Através do ambiente lúdico proporcionado pelos jogos, a gamificação cria um clima de competição saudável entre os colaboradores, o incentivo ideal para que todos busquem em conjunto por um objetivo.

Mas é importante lembrar das recompensas! Afinal, se um bom trabalho é realizado, ele deve ser reconhecido e premiado.

Gamificação: Como implementar?

Gamificação: Como implementar?

A gamificação está cada vez mais em alta, mostrando excelentes resultados. Colaboradores mais engajados rendem muito mais e desgastam-se menos. Desde que você saiba como usar uma plataforma de gamificação corretamente, poderá aproveitar esses benefícios.

Para ajudá-lo a entender melhor como implementar a gamificação na sua empresa, trouxemos aqui 4 elementos que compõem essa estratégia.

  1. Meta clara
  2. Dê Recompensas
  3. Rotina de feedback

1. Meta clara

O ponto central de qualquer jogo é o objetivo, seja ele derrotar o oponente, ser o primeiro a alcançar a última casa ou acertar uma bolinha em um copo. Sem uma meta clara, é mais difícil se engajar em qualquer atividade. O mesmo vale quando a meta em questão parece exageradamente difícil ou mesmo irrelevante.

Primeiro, avalie quais são os objetivos da empresa e dos seus colaboradores. Com base nisso, você pode gerar metas que sejam desafiadoras, mas que ainda pareçam perfeitamente plausíveis. Se houver muita facilidade, seu time não sentirá a necessidade de se esforçar. Por outro lado, se o nível de dificuldade for muito alto, você não conseguirá nada além de frustração e desistência.

2. Dê recompensas

Um aspecto fundamental da gamificação na empresa é que cada meta atingida deve ter uma recompensa direta. Se você corre atrás de um objetivo apenas por correr, é bem provável que fique cansado e desmotivado depois de um tempo. Mesmo que a diversão do jogo seja uma recompensa, ela não se mantém para sempre.

Para evitar esse desgaste, é importante que haja algo a mais no fim dessas atividades. Para isso servem as recompensas. Apenas se lembre de consultar seu time para ver o que seria de maior valor para eles. Uma viagem, uma promoção, um bônus etc. Se a recompensa for relevante, eles se esforçarão mais para alcançá-la.

3. Rotina de feedback

Algo que tende a desmotivar qualquer profissional é a falta de feedback. Não é necessariamente a ausência de alguém julgando seu trabalho, mas sim de uma confirmação do resultado. Tente se imaginar participando em um jogo de cartas no qual você só sabe o que aconteceu depois que vence ou perde. Dificilmente você voltará a jogar, não é?

Para que esse não seja o caso, a gamificação na empresa segue a regra do feedback rápido. Quanto antes for possível descobrir os resultados das suas ações, mais rápido elas poderão ser corrigidas, sem perder energia extra em algo que não está gerando bons resultados.

Como funciona uma plataforma de gamificação?

Gamificação - Plataforma de Gamificação

Gamificar pode ser entendido como “tornar um jogo”, mas não é exatamente isso. Trata-se de adotar elementos/mecânicas de jogos para aumentar o engajamento de um profissional ou de uma equipe em suas tarefas de rotina. O trabalho da plataforma aqui é oferecer as ferramentas necessárias para isso.

Esse recurso está cada vez mais em alta, mostrando excelentes resultados. Colaboradores mais engajados rendem muito mais e desgastam-se menos. Desde que você saiba como usar uma plataforma de gamificação corretamente, poderá aproveitar esses benefícios.

Abaixo apresento os 4 elementos básicos que compõem uma plataforma de gamificação:

  1. Acompanhamento de métricas de sucesso
  2. Criação de metas de acordo com resultados anteriores
  3. Aceleração do feedback
  4. Promoção de cultura de resultados

1. Acompanhamento de métricas de sucesso

Um dos elementos mais fundamentais de qualquer jogo é a criação de condições de vitória. Ou seja, há um objetivo e uma forma clara de identificar quando ele foi atingido. O gol em um jogo de futebol, uma linha de chegada em uma corrida, etc.

Para que seja possível acompanhar o progresso dos seus colaboradores, você precisa de um indicador de sucesso. Uma métrica que reflita o resultado esperado do trabalho que eles realizam. Número de vendas, índice de reclamações, taxa de conversão, tudo pode ser utilizado para medir o desempenho.

2. Criação de metas de acordo com resultados anteriores

A partir das métricas que citamos acima, devem ser gerados objetivos bem definidos. Um número de conversões por mês, o total de faturamento anual, entre outras coisas, podem ser metas, tanto para a empresa como um todo quanto para cada setor individual.

A plataforma de gamificação empresarial também permite avaliar desempenhos anteriores, o que ajuda a criar metas mais desafiadoras e, ao mesmo tempo, dentro da capacidade atual da equipe. Da mesma forma, o sistema também ajuda a apontar quais recompensas são mais relevantes, o que é outro componente fundamental da gamificação.

3. Aceleração do feedback

Algo que contribui muito para o estado de alta concentração que vemos em pessoas que jogam certos games altamente dinâmicos é o feedback quase imediato. Da mesma forma que tocar um instrumento ou praticar uma arte marcial, o resultado fica aparente quase imediatamente após a ação. E quanto menor for o tempo de espera, mais intenso tende a ser o foco, contribuindo para o melhor desempenho em várias tarefas.

4. Promoção de uma cultura de resultados

A gamificação não tem a ver apenas com uma ferramenta, mas também com a cultura da empresa.  Afinal, é ela quem guia persistentemente o desempenho. Essa plataforma ajuda a implantar uma cultura focada em desempenho e resultados, levando cada profissional a alcançar metas maiores com os recursos disponíveis.

10 Elementos da Gamificação

Abaixo segue os 10 elementos da gamificação para engajamento de equipes em empresas

  1. Programas de Pontuação
  2. Leaderboards
  3. Colaboração Interativa
  4. Estimular Competitividade
  5. Divulgação de Méritos Alcançados
  6. Mudança de Nível
  7. Atualização de Status em Tempo Real
  8. Feedback Instantâneo
  9. Histórico de Objetivos
  10. Premiações

Pesquisas sobre Gamificação

  • Mais de 70% das 2.000 empresas globais terão pelo menos uma tecnologia de gamificação nos próximos anos, liderando 50% de toda a inovação. (Engagment Alliance)
  • Até 2025, 75% da força de trabalho será composta por millennials, uma geração cheia de potencial e expectativas, mas resistente aos velhos métodos e hierarquias.
  • Mais de 60% dos alunos se sentiriam mais motivados por leaderboards, aumentando a competição entre os estudantes. 89% disseram que um sistema de pontos aumentariam seu engajamento em um sistema EaD (Talent LMS)
  • Desde 2010, mais de 350 grandes empresas lançaram grandes projetos de gamificação, incluindo marcas como Adobe, NBC, Walgreens, Ford, Southwest e eBay. (Huffington Post)
  • Quase 80% das pessoas dizem que elas seriam mais produtivas se sua universidade ou empresa fosse mais game-like (Talent LMS)

Gamificação de equipe de vendas

Veja a reportagem gravada pela Globo para o programa Pequenas Empresas Grandes Negócios e entenda mais sobre a gamificação de uma equipe de vendas utilizando uma plataforma desenvolvida pela empresa Gamific.

Quer saber mais sobre gamificação? Clique e baixe o nosso e-Book gratuito Case Todeschini – Ganho de Produtividade com a gamificação.

Gamificação na Mídia

Segue abaixo links de matérias publicadas em portais importantes do país relacionada com o tema gamificação.

Compartilhe o Post

Share on linkedin
LinkedIn
Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on twitter
Twitter
Previous
Next