Gestão do desempenho

Gestão do desempenho: 5 benefícios de se investir no engajamento

Quando falamos em gestão do desempenho, é impossível não falarmos sobre engajamento, ainda mais quando estamos falando de equipes de vendas. 

Mas o que é engajamento? Entenda. 

Gestão do desempenho: o que é engajamento?

Em tempos de mídias digitais e redes sociais como alavancas do marketing, o termo engajamento ficou muito associado às visualizações e interações que determinada postagem pode atingir. 

Dentro desse contexto, não está errado, inclusive na área comercial.

Outro nicho em que o termo engajamento sempre foi amplamente utilizado é o da militância, seja em qual causa for. O sujeito engajado, nesse sentido, é aquele que está verdadeiramente comprometido com o desenvolvimento da causa.  

Quando falamos em engajamento de equipes e colaboradores, também estamos falando de comprometimento.

Colaboradores comprometidos com o sucesso do negócio, não apenas no âmbito financeiro e econômico, mas de uma forma bem mais ampla, são o coração do crescimento de qualquer organização.

Em outras palavras, engajamento é o sopro vital de qualquer time, independente da área. Isso pode soar um pouco demagógico, dado o fato de que infelizmente ainda existe em nosso país uma mentalidade que contrapõe empreendedores e colaboradores (ou empregadores e empregados, numa terminologia totalmente ultrapassada). 

Eis o coração da gestão do desempenho. 

Todavia, a verdade é que estamos falando de um jogo de ganha-ganha, sobretudo quando há metas e comissões envolvidas. 

Ao ser mais engajado, o colaborador entrega melhores resultados, cresce mais na carreira e se desenvolve como ser humano e profissional, ao mesmo tempo que a organização cresce, dá resultados relevantes e se estabelece em seu mercado de atuação. Eis um ciclo virtuoso. 

Sendo assim, a próxima pergunta a ser feita é a seguinte: como gerar engajamento em uma equipe de vendas?

Vamos tentar respondê-la juntos? Vem comigo!

Gestão do desempenho: como gerar engajamento?

Existem diversas técnicas de geração de engajamento disponíveis no mercado, e todas elas colaboram com a gestão do desempenho. 

Aqui, destacamos a gamificação, que utiliza a linguagem de jogos eletrônicos e o conceito de diversão no trabalho para não apenas gerar engajamento, mas também para a criação de uma cultura de alta performance. Daqui a pouco nós vamos falar um pouco mais sobre isso. 

Como gerar engajamento em 3 passos

Mas antes de pensar em uma técnica de engajamento, é preciso que você, gestor de equipe, esteja munido com algumas ferramentas. Nós separamos três delas:

  • Conhecimento do perfil dos colaboradores 
  • Comunicação assertiva e eficaz
  • Metas e indicadores bem claros       

Vamos entender um pouco mais de cada uma dessas ferramentas na gestão do desempenho? 

Conhecimento do perfil dos colaboradores 

Conhecer o perfil de cada um de seus colaboradores é fundamental para uma boa gestão do desempenho. 

Isso implica saber que não há ações que uniformemente gerem engajamento em todos os membros da equipe, mas que cada um exige uma abordagem única. 

Isso pode parecer uma utopia, dado o fato de que, além da gestão da equipe, o líder precisa dar conta de vários entregáveis ao longo de sua semana. 

Todavia, nunca se esqueça de que o capital humano é o maior ativo que uma empresa pode ter e, se este não for cuidado com o devido olhar, todos os outros indicadores irão por água abaixo!

Comunicação assertiva e eficaz 

Ser assertivo significa ser decisivo. Mas o que isso significa no âmbito da comunicação, especialmente na gestão do desempenho?

Empregar uma comunicação assertiva é sinônimo de clareza e objetividade, não deixando brechas para uma subjetividade que possa inserir ruídos no canal de comunicação (que, aliás, significa “ação de tornar algo comum”, no caso, as informações desejadas). 

Comunicação eficaz, por sua vez, é o resultado de uma comunicação que preza pela assertividade. 

Se a comunicação é assertiva, logo será eficaz.  

Metas e indicadores bem claros

Por fim, mas não menos importante, temos a necessidade de metas e indicadores bem claros. Afinal de contas, como podemos fazer uma gestão do desempenho efetiva sem sabermos quais objetivos cada colaborador deve atingir? 

Percebeu como isso está diretamente atrelado à ferramenta anterior? 

Clareza é sinônimo de assertividade, e como você pôde notar, não basta ser assertivo na comunicação, mas é preciso sê-lo na hora de alinhar os objetivos e o método de atingimento dos mesmos junto à alta gestão da empresa. 

Nós sabemos que nem sempre é fácil manter a satisfação de todos os membros do time, principalmente quando estamos falando de vendedores ávidos por uma boa comissão no início do mês, mas é possível minimizar os efeitos colaterais quando todas as pontas estão amarradas. 

Bem, agora que você já entendeu os pormenores do engajamento, vamos entender como esse tema impacta positivamente na gestão do desempenho. 

Continue com a gente, pois estamos na reta final do nosso artigo!

Gestão do desempenho: 5 benefícios de se investir no engajamento

Nós sabemos que a área de vendas é bastante dinâmica, não é mesmo? Por isso, é importante entendermos quais os benefícios de uma equipe engajada. 

Conheça os 5 benefícios de se investir no engajamento:

  • Aumento da produtividade 
  • Melhora no clima organizacional 
  • Diminuição do turnover 
  • Satisfação individual 
  • Aumento da receita 

Vamos entender cada um deles. 

Confira os 5 benefícios de se investir no engajamento

Aumento da produtividade 

O primeiro benefício de se investir no engajamento é o aumento da produtividade. 

É bom que se entenda que ser produtivo não é sinônimo de ser intenso, pois a intensidade de trabalho não está diretamente relacionada aos resultados finais. 

Sendo assim, o aumento da produtividade não ocorre por meio do aumento da intensidade e da quantidade de trabalho, mas da qualidade das entregas, mesmo que haja uma diminuição quantitativa. 

Melhora no clima organizacional 

Clima organizacional é um tema de vital importância para a gestão do desempenho. 

O que complica um pouco as coisas nesse quesito é que problemas de clima geralmente são silenciosos, e quando os percebemos, é porque já atingiram um nível praticamente insustentável. 

Imagine isso em uma equipe de vendas!

Por esse motivo, investir no engajamento da equipe é sinônimo de menos preocupações com o clima organizacional. 

Diminuição do turnover 

Com a melhoria no clima organizacional, automaticamente temos a diminuição do turnover, que é a taxa de rotatividade de colaboradores da empresa. 

É claro que deve haver um equilíbrio nessa taxa, pois quando ela está muito baixa, corre-se o risco de cristalização de hábitos negativos que, por sua vez, acabam por minar o clima organizacional. Além disso, as pessoas não saem das empresas apenas por estarem insatisfeitas, havendo outros motivos para isso. 

Contudo, um dos benefícios do engajamento é a manutenção do turnover em um nível equilibrado, o que conduz diretamente a uma boa gestão do desempenho através de um grau maior de previsibilidade. 

Satisfação individual 

A satisfação individual também está diretamente atrelada ao turnover e ao clima organizacional. 

Aqui, gostaríamos que o caro leitor percebesse que se trata de um ciclo virtuoso de ações que visam um único objetivo: uma gestão do desempenho acima das expectativas!

Pois bem, em um time comercial, a insatisfação individual pode ser tão danosa quanto à coletiva. Isso porque um vendedor insatisfeito é um vendedor que não atinge suas metas e indicadores, prejudicando não apenas a sua comissão/bonificação, mas colaborando com o insucesso das metas da equipe. 

Portanto, satisfação individual é também um dos benefícios de se investir no engajamento. 

Aumento da receita 

Tudo o que foi dito até aqui concorre para o atingimento do benefício do aumento de receita. Percebeu o ciclo virtuoso em ação?

Com o aumento da produtividade, a melhora no clima organizacional, a diminuição do turnover e o aumento da satisfação individual, a gestão do desempenho fica bem mais assertiva, conduzindo a um inevitável aumento da receita do seu negócio. 

É isso!  

Gamificação em vendas

Gamificação é uma metodologia que consiste em utilizar a diversão e a ludicidade como ferramentas no aumento do engajamento e da motivação dos colaboradores de uma empresa, apoiando-a na criação de uma mentalidade de alta performance. 

A gamificação é uma poderosa ferramenta de apoio na gestão de equipes de vendas. Uma plataforma como a da Gamefic possibilita o aumento do engajamento e da motivação, além da criação de uma cultura de alta performance através de um acompanhamento de perto dos indicadores do seu time. 

Com isso, sua equipe de vendas vai ficando cada dia mais harmônica e eficiente.

Como implementar a Gamificação?

Nós da Gamefic somos mestres em gamificação e já gamificamos empresas dos mais variados tipos como Fiat, Banco Safra, Vedacit entre outras. Podemos te ajudar neste projeto e vamos deixar um botão aqui embaixo para que você conheça nossa plataforma e entenda como podemos lhe ajudar com a gamificação.

Um abraço e até a próxima!

Compartilhe o Post

Share on linkedin
LinkedIn
Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on twitter
Twitter
Previous
Next